>TRAILER DO GAME DEAD ISLAND… SIMPLESMENTE SINISTRO!

>

Fiquei impressionado com a “realidade” desse teaser trailer do game Dead Island. Se o game vai ser bom ou não, só após o lançamento iremos saber, mas que esse trailer gera boas expectativas, a isso gera!
Clique para ver a postagem complera e assista na ordem os 2 videos, o primeiro com a “ordem cronológica dos fatos reversa” e o segundo na ordem original. Abraços! Não deixe de conferir ok? :0)


>ANGRY BIRDS, O NOVO SUPER MÁRIO! SERÁ?

>Quem já teve o prazer de brincar com esse jogo destruidor de produtividade  sensacional, sabe que Angry Birds é realmente uma idéia simples transformada em sucesso! Mas, segundo alguns, ele pode vir a se tornar o novo Super Mário! Será? Clique para ver a postagem completa e podendo, deixe sua opinião! Abraços!

Fonte Original da Postagem: GIZMODO BRASIL


Em uma série de posts sobre os destaques da App Store, a Wired, talvez a mais respeitada revista de tecnologia e tendências do mundo, chegou com os dois pés no peito, comparando o simpático jogo dos passarinhos que surgiu no iPhone com a trajetória do maior clássico dos games, um jogo que até hoje ensina como os jogos devem ser feitos. Quanto mérito há?
Imagem por zero-lives
Não há dúvida de que Angry Birds é um sucesso estrondoso, como há muito não se via. Desde que foi lançado, em dezembro de 2009, pela Rovio, eu não lembro de jamais não ter visto o ícone do passarinho vermelho no Top 10 de apps pagos da App Store. Segundo a matéria da Wired, ele já foi baixado mais de 75 milhões de vezes – a maior parte desse número na própria plataforma da Apple, apesar de aí contabilizarem-se também as vendas no Marketplace do Android, assim como todos os outros canais em que Angry Birds pode ser comprado.
Sequências, spin-offs temáticos e atualizações gratuitas não deixam o jogo sair da mente das pessoas, mas piadas em programas de humor, manifestações espontâneas de adoração ao jogo e brinquedos causando comoção em homem barbado por aí sedimentam Angry Birds como mais do que um jogo. Ele já virou um fenômeno cultural.
No entanto, Super Mario também foi tudo isso, por mais tempo, e com uma diferença crucial: tem uma jogabilidade muito superior, além de ter sido capaz de se reinventar repetidas vezes, de modo manter a sua relevância até hoje.

Vai ter que comer muito alpiste
Podem atirar pássaros pretos explosivos contra mim, mas a minha posição é esta: eu não considero Angry Birds um ótimo jogo. É bom, é divertidinho e eu jogo (joguei hoje mesmo, por absoluta coincidência, depois de passar semanas sem abrir o app), mas não apresenta uma jogabilidade que eu possa dizer que admiro. É muita tentativa e erro, mas de um modo ruim – quando você consegue passar de uma fase depois de várias tentativas, a sensação raramente é de finalmente ter superado um desafio difícil, mas sim de que o jogo enfim decidiu colaborar, se comportando do jeito que você tinha em mente desde o início.
Ao meu particular ver, o sucesso de Angry Birds se dá por uma combinação de diversos fatores diferentes, entre os quais até incluem-se a mecânica de jogo e a tal “diversão”, mas cuja maior parte consiste em fatores como o carisma dos personagens*, o design de som, a baixíssima penalidade por falhas (você perde apenas dois ou três segundos para tentar de novo) e o preço e momento de lançamento no ecossistema da App Store.
Então, pra mim, Angry Birds pode ser no máximo comparado a jogos como Pac-Man ou Duck Hunt, que fizeram um sucesso animal e atingiram status de ícone cultural, mas que ao mesmo tempo deixaram esse sucesso todo no passado e hoje são queridos principalmente pelos saudosistas. Daqui a cinco ou dez anos, acho que estaremos lembrando com carinho de Angry Birds… enquanto jogamos o novo Super Mario. O que você acha? [Wired]
* Algo que ilustra bem isso é a história da origem do jogo: um dos designers apenas fez um desenho conceitual que mostrava um cenário parecido com os que o jogo tem hoje, com alguns pássaros redondos, coloridos e sem pernas. Não havia ainda uma proposta de jogabilidade em cima disso. Não havia inimigos. Não havia uma mecânica já bolada. Mesmo assim a empresa aprovou que o jogo fosse produzido apenas por ter gostado dos passarinhos. Todo o resto foi sendo inventado depois.

>XBOX LIVE NO BRASIL

>O Xbox Live, serviço da Microsoft que permite que jogadores se comuniquem, joguem entre si, baixem músicas, filmes e atualizações pelo console, chega ao Brasil no dia 10 de novembro, anunciou a empresa nesta terça-feira, 12. Atualmente, os brasileiros que quisessem se ligar na rede dos EUA, por exemplo, tinham de criar uma conta com um endereço norte-americano de terceiros.
Fonte: Estadão on Line

>JOGO FÓRMULA 1 2010 DATA DE LANÇAMENTO CONFIRMADA

>

A Codemaster, empresa responsável pela criação e distribuição do jogo oficial da Fórmula 1 para Consoles e PC, confirmou hoje a data de lançamento do jogo, que foi fixada para 24 de Setembro de 2010!
Como prévia, foi divulgado também o video oficial do jogo. Clique para ler a postagem completa e confira a qualidade de algumas cenas in game. Abraços!

>CRYSIS 2 TRAILER HD

>Amigos Leitores, quanto tempo sem posts não é? Probleminhas de conexão e outros “contratempos”… Mas, vamos ao que interessa! Deixá-los mais bem informados sobre “um pouco de tudo”!
Começamos com um post sensacional com um video do trailer oficial deste que com certeza, será um dos jogos mais esperados desse ano, Crysis 2, sequência da franquia da Crytek de mesmo nome, só que agora passado em uma New York pós apocaliptica! Cliquem em Leia Mais… vejam o trailer e podem começar a contar os dias para o lançamento do jogo! Abraços!

>IMPOSTO BAIXO PARA OS GAMES

>Amigos Leitores, quem gosta de jogar, tanto em consoles como nos pc´s, sabe que hoje em dia, o jogo on line é o maior atrativo dos games. Desafiar seus amigos para uma corrida de F1, jogar torneios de FIFA 10 ou PES 2010 desafiando jogadores do mundo

inteiro, não existe maior atrativo que um bom modo multiplayer em um jogo, para ajudá-lo a conquistar o cyber sucesso!
Só, que jogar no Brasil custa caro, e nesse caso não adianta apelar para os mercados alternativos, pois só os games originais dão o beneficio da jogatina on line! Um jogo no Brasil, chega a ter em sua carga de tributos 72% do valor de venda só em impostos, isso é um ROUBO! (mais um de tantos na verdade) Por isso, convido vocês a participarem da campanha iniciada pela editora Tambor contra os extorsivos impostos cobrados pelos games no Brasil!