>40 ANOS DA CHEGADA DO HOMEM A LUA

>Amigos Leitores, essa semana comemoramos 40 anos de um dos maiores feitos da Humanidade, a chegada do Homem a Lua. Pela primeira vez, saimos de nosso “planeta natal” e fomos explorar um novo planeta, na verdade, nosso satélite natural, a Lua.
Em homenagem a esse aniversário, o Blog DTUP, reproduz para vocês, dois artigos muito interessantes sobre o assunto, se gostam ou querem saber um pouco mais sobre esse grande feito, clique em Leia Mais… e Confira !!!!
ABRAÇOS !!!


Reprodução do Blog Acerto de Contas

armstrong-na-lua

por Maurílio Ferreira Lima*
para o Acerto de Contas

O mundo inteiro, nesta semana, comemora os 40 anos da chegada do homem à Lua. O feito aconteceu no dia 20 de julho de 1969. Nos tempos modernos podemos relacionar três dos maiores feitos tecnológicos da humanidade.

1 – A formidável operação tecnológica que permitiu a construção de pontes, portos, tanques e navios que possibilitaram a invasão da Normandia, no famoso dia D, em 1945, para derrotar os nazistas.

2 – A tecnologia de foguetes que permitiu aos americanos esse feito histórico só foi possível devido aos cientistas alemães, que fugiram pra os EEUU depois da morte de Hitler. Esses cientistas foram os mesmos que criaram os primeiro mísseis para destruir a Inglaterra, para vencer a 2º Guerra Mundial e impor a ideologia Nazista ao mundo.

3 – A operação tecnológica que contou com mais de 500 especialistas em terra, e cerca de 1000 empresas para realizar a operação Apolo 11, que levou os três astronautas americanos ao espaço: Neil Armstrong, 38 anos (o primeiro a pisar na Lua), Edwin Aldrin e Michael Collins. O relógio marcava 23 horas, 56 minutos e 30 segundos quando pisaram o solo lunar.

Mais de 1 bilhão e meio de pessoas acompanhavam tudo via satélite. Naquela hora, Neil Armstrong pronunciou, talvez, a mais famosa e inesquecível frase já dita por uma pessoa a bilhões de outras.

“ESTE É UM PEQUENO PASSO PARA O HOMEM, MAS UM GIGANTESCO SALTO PARA A HUMANIDADE.”

Para vencer a distancia de mais de 1 milhão de km foram necessários 7 dias de vôo. Passaram 2 horas na Lua e lá deixaram uma bandeira americana e uma placa de ouro, onde estava escrito:

“AQUI OS HOMENS DO PLANETA TERRA PUSERAM PELA 1º VEZ OS PÉS NA LUA. VIEMOS EM PAZ. EM NOME DE TODA A HUMANIDADE.
ASS.: PRESIDENTE RICHARD NIXON.”

As marcas das botas dos astronautas americanos ainda estão em solo lunar, porque a Lua não tem ventos que poderiam apagá-las. A paisagem lunar é de uma desolação mortificante. A Lua não tem nenhuma cor. É toda cinza.

terra-vista-da-lua

Os americanos avistaram ao longe, na imensidão do Universo, a bolinha da Terra, e verificaram que ela é azul. O primeiro homem a avistar a Terra do espaço foi o astronauta russo Yuri Gagarin, a bordo do Sputnik.

“ELA É AZUL.”

Outra frase famosa de Gagarin na entrevista quando retornou ao planeta Terra. Perguntado se vira Deus, simplesmente respondeu que “Ele não estava lá.”

A Operação Apolo 11, em valores de hoje, custou cerca de 150 bilhões de dólares. Com muito dinheiro por trás da Operação, podemos entender que foi decidida por razões políticas.

Na década de 1960, estava no auge a Guerra Fria. Como a URSS já tinha enviado o astronauta Yuri Gagarin ao espaço (1961), em tempos de Corrida Espacial isso significava que, perante o mundo, os americanos estavam atrás dos soviéticos.

Muitas pessoas ao redor do mundo desconfiam que a chegada do homem à Lua no dia 20 de julho de 1969 foi uma armação do governo americano, que teria trabalhado junto com cineastas, explorando os milagres dos efeitos especiais do Cinema.

Alguns até acreditam que o homem chegou à Lua naquela época, mas alguns anos depois de 1969. Nesse ponto de vista, a chegada de Armstrong não teria passado de uma jogada política, com o objetivo de superar a URSS na corrida espacial daquele mundo bipolar da Guerra Fria.

Será?

Reprodução do Arquivo Veja sobre o Assunto

25/12/1968
Apollo 8
1/1/1969
Apollo 8
22/1/ 1969
Corrida espacial
21/5/1969
Apollo 10
16/7/1969
Apollo 11
23/7/1969
Apollo 11

Em 21 de dezembro de 1968, Frank Borman, Jim Lovell e Bill Anders foram os protagonistas de um show inusitado. A missão Apollo 8 durou sete dias e seis noites e foi a primeira a levar o homem à órbita da Lua. Os Estados Unidos davam um passo à frente da União Soviética. Os tripulantes, porém, não conseguiram pousar na Lua. A nave apresentou defeitos graves, enfrentou um choque com um meteorito e uma tempestade solar. Mesmo assim, a operação foi considerada um sucesso: os três conseguiram retornar aos Estados Unidos e o sentimento geral era de que o homem estava pronto para receber o futuro.

Diretores da Nasa anunciaram para o ano de 1969 mais cinco missões Apollo. A de número 9 foi um importante teste de equipamentos e a missão 10 avançou um pouco, mas também não chegou a atingir o solo lunar. No dia 20 de julho de 1969, no entanto, Neil Armstrong, da Apollo 11, tornou-se o primeiro homem a pisar na Lua. A novidade foi comunicada pela TV e pelo rádio a cerca de 1,2 bilhão de pessoas. VEJA anunciou a façanha com o seguinte título: “Chegaram”. A tripulação contou com mais dois homens: Buzz Aldrin e Michael Collins. Armstrong proferiu uma das mais famosas frases da história: “Este é um pequeno passo para um homem, mas um salto gigantesco para a humanidade”.

A bandeira dos Estados Unidos foi hasteada e a ela Armstrong e Aldrin prestaram continência. Em solo lunar foi deixada uma placa com a mensagem: “Aqui os homens do planeta Terra pisaram pela primeira vez na Lua. Julho de 1969. Viemos em paz, em nome de toda a humanidade”. Na bagagem, os astronautas trouxeram 37 quilos de pedras, que foram analisadas em laboratórios. A idéia era descobrir por meio dessas rochas os segredos do sistema solar e de todo o mundo.

Quatro dias depois dos primeiros passos na Lua, os três voltaram a Terra e ficaram isolados durantes muitos dias. A hipótese de que poderiam sofrer algum tipo de contaminação foi logo descartada. De acordo com os astronautas mais importantes do mundo, a chegada do homem até a Lua representava a nova era da vida na Terra. Os soviéticos saudaram os americanos, mas não se livraram do amargo gosto da derrota.

A missão Apollo 12 esteve na Lua em novembro de 1969 e foi responsável por investigar crateras. Os tripulantes voltaram a Terra com muitas fotografias e material coletado no solo da Lua. No início de 1970 foi a vez da aventura por meio da Apollo 13. A missão foi conturbada em função de vários problemas com a nave durante a viagem de ida. Os astronautas James Lovell, Fred Haise e John Swigert reagiram ao inusitado de forma serena, não demonstraram medo, tomaram as providências emergenciais com precisão e conseguiram voltar com vida.

Alguns anos após a primeira viagem até a Lua, imaginava-se que a colonização de outros planetas viria logo em seguida. O Projeto Apollo durou duas décadas e foram investidos mais de 40 bilhões de dólares por parte dos Estados Unidos. O valor da conquista simbólica é inegável e lucrou-se muito com a aplicação da tecnologia espacial em outros setores industriais. Em ganhos práticos ainda falta muito. A meta da Nasa é que o homem volte a pisar na Lua por volta de 2015.

About these ads

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s